domingo, 1 de dezembro de 2013

Momento

É muito em muito pouco
É pouco em muito tempo
É tanto desalento

É desalinho, efeito
É linho em canto intenso
E canto em limpo vento

É senso em teu momento
É penso, tenso, imenso
E penso sem bom senso

É volta em torno, denso
O morno contratempo
Dispenso

                                                                                              Um Fauno (03/03/12)